quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Frioleira


Este foi o meu primeiro trabalho em frioleira. Foi feito em algodão verde nº 6. Neste tipo de renda não se deve usar linha tão grossa. A grossura normal será o nº 40 ou 60, mas usei esta porque para aprender era mais fácil. Ficou um pouco grosseira mas aplicada em linho grosso, mais conhecido por estopa, achei que não ficaria nada mal. E foi assim que surgiu este naperon e mais dois iguais que uso para decorar a minha cozinha. Depois deste, fiz outros, como o que se vê em baixo, em azul, mas este já com linha nº 40.

8 comentários:

AA disse...

Olá, cá estou de novo:) é claro que vou ser uma visitante assídua do blog... Gostei de ver estas fotos sobre as rendas e a aplicação da frioleira, é uma renda bonita e elegante. E obrigada pela explicação de como se executa.
Beijos,

Alexandrina Areias

at ento disse...

Olá.
Gratos pelos parabéns e as palavras de incentivo.
É + um ponto que nos incentiva a continuar.
Saudações com a nossa amizade.
At Ento

Helder Seixas disse...

Boas, pela primeira vez entrei neste cantinho, muito bom digo eu.
Voltarei sempre que possivel para ver se encontro um bordado alusivo ao emblema do Sporting ou a um Leão.
Muitas felicidades para o Blog,
Helder Seixas, Parambos

Fatima Gouveia disse...

Olá!
Venho agradecer sua visita e ver as novidades, pois estando de férias no Algarve não me separo deste cantinho mágico, pelo que recorro ao portátil do meu marido.
A frioleira é muito bonita...nem sei se ainda sei fazer.
Saudações para toda a familia.
Mifá

Ponto+ disse...

At Ento, Helder e Mifá, agradeço a vossa visita e as palavras de incentivo.
Quanto ao trabalho a que se refere o Helder, de momento não tenho nenhum, mas quem sabe um dia?
Continuação de boas férias para a Mifá e um bom trabalho para o At Ento e o Helder.
Felicidades.
Eulália

Esmeralda disse...

Olá querida Eulália!
Bem que precisava de aprender a fazer estes trabalhos. Pasme-se: adoro serzir (é assim que está correcto escrever/dizer?) meias!!!!
Para além de umas passeatas que me deliciam e descontraem, este trabalho - que quase nunca faço, é extremamente relaxante....vá se lá saber por quê??!!!
Beijinho
Esmeralda

Karla Reboredo disse...

O primeiro trabalho de frioleira está bonito, só tem que continuar.Já vi fazer esta tecnica mas não a sei executar,conhece algum livro ou video, gostaria de experimentar fazer.Já agora, onde comprou a navete?Atenciosamente. Visite o meu blog.

Ponto+ disse...

Olá Karla, agradeço a sua vizita e espero que volte mais vezes.
Em relação a livros ou CD sobre frioleira, não tenho conecimento de nenhum, por vezes encontra-se um ou outro artigo em revistas de manualdades. A navete comprei-a numa loja onde se vendem linhas e tecidos.
Cumprimentos.