sábado, 20 de dezembro de 2008

Leque para mesinha de cabeceira

Como se costuma dizer: "Quem me dera no tempo em que fiz esta pequena habilidade". Não posso afirmar, mas teria uns 12 ou treze anos, era ainda muito novinha. Nos tempos livres da escola, possivelmente aos fins de semana e nas férias, ia fazendo algumas das novidades que surgiam. Lembro-me que estes naperons foram muito famosos e por isso também muito difíceis de conseguir, toda a gente os escondia para não se tornarem vulgares

2 comentários:

at ento disse...

BOAS FESTAS E MUITO PONTOS DE SUCESSO PARA O NOVO ANO; são os votos da Aldeia mais Verde de Portugal, parta todos os amigos e visitantes deste espaço que não dá ponte sem nó.
saudações com a nossa amizade.
At Ento

aa disse...

Olá, boa noite!
Bonito e original leque!
Desejos de um excelente 2009, cheio de muita Paz, Saúde e Amor...
Beijos,

Alexandrina Areias